PT EN FR

Thinqs
Magazine

Iluminação de exterior: É como se estivesse dentro de casa

22/07/2015

Muito tem evoluído o design de iluminação, e em particular o design de iluminação de exterior.

 O avanço da tecnologia nomeadamente da iluminação Led permite que no mais infimo campo físico se projete uma luz e a partir daí se desenvolva um conceito, uma linguagem ou em última análise uma história. Tal como dentro de portas, o caminho da iluminação de exterior pode ser mais técnico ou decorativo. O mesmo é dizer que o suporte onde é colocado a luz pode ser mais arquitetural e pensado em termos de desenho de estuturas planeado por exemplo numa fase de obra. Ou pode ser mais decorativo: basta ter uma tomada elétrica ou um ponto de luz e colocar um candeeiro de exterior, com o Ip adequado,  transformando o espaço através dessa maior mobilidade e flexibilidade da luz que nos termite um candeeiro de exterior. Se conseguirmos no espaço exterior da casa projetar uma iluminação técnica, a luz vai ter todo o protagonismo do espaço, completado-o depois com alguns apontamentos de iluminação decorativa. Outras das vertentes da iluminação de exterior de última geração é que a podemos aliar ao mobiliário. Existem candeeiros de exterior que são peças de design multifuncionais e com uma interatividade. Falamos de modelos led, como o Palo Alto da marca espanhola Vibia inspirado nos ramos das árvores, cuja articulação dessas estruturas pode criar por exemplo, uma pérgola para colocar no seu jardim. São esculturas de luz que iluminam o espaço e acrescidamente peças de mobiliário que o povoam de uma forma autónoma.