PT EN FR

Thinqs
Magazine

Cassina: Do passado ao presente

04/05/2018

Como descrever uma marca tão icónica como a Cassina? Nada melhor que olhar para a sua história e dela sublinhar três ou quatro nomes.

Le Corbusier, Vico Magistretti, Marco Zanuso e Frank Lloyd Wright. São só alguns dos arquitetos e designers mais importantes do século XX.

Na Cassina encontraram uma ‘casa de edição’ cuja história se iniciou nos anos 50, mas cuja origem remonta ao final dos anos 20, a partir do negócio de uma empresa familiar fabricante de móveis. A Cassina embarcou na produção em série com o florescimento do Design italiano no pós-guerra. Muitos desenhos dos anos 30 e 40 foram colocados em produção na década de 60. É o caso das poltronas LC2 do trio Corbusier, Jeanneret, e Charlotte Perriand.

No horizonte imediato da Cassina, esteve sempre a autenticidade e a sofisticação. Com o passar do tempo, a marca foi adquirindo merecidamente o status de ‘trendsetter’.

Há cerca de três anos a espanhola Patricia Urquiola assumiu a Direção artística da marca respeitando toda a sua herança e comprometendo-se a manter a Cassina no centro do diálogo entre o Design  e a arquitetura. A marca continua a criar espaços sofisticados, resultado de um compromisso entre o clássico e o contemporâneo.