PT EN FR

Thinqs
Magazine

Philippe Starck: Irreverência e genialidade

08/10/2010
 

Nascido em Paris em 1949, Philippe Starck é considerado um dos mais criativos e originais designers contemporâneos.

 

Produz design quase como respira. A sua obra marca claramente o final do século XX e continua a ditar tendências no mundo do design com um estilo caracterizado por linhas direitas, orgânicas, surreais e irreverentes, com um forte sentido de humor.

 

O estilo Starck evidencia-se num vastíssimo leque de áreas onde se desdobra o seu trabalho, desde o mobiliário e arquitetura de interiores, à iluminação, design "High Tech", até acessórios de cozinha e de vestuário, roupa interior e uma infinidade de objetos.

 

Estudou na Escola Central de Artes Decorativas em Paris, é formado em arquitetura e design. Aos 20 anos já dirigia um escritório de arquitetura na capital francesa, foi também nessa altura que assumiu o cargo de diretor de arte da "Pierre Cardin" onde produziu mais de 60 peças de design exclusivo.

 

No início da década de 80, Philippe Starck alia-se a um outro designer: Gerard Mialet, juntos decidem criar um novo olhar sobre os objetos e de uma "relação de amor" nasce a Xo-Design, marca prestigiada sobretudo pelas criações de Stark.

 

A Simplicidade sofisticada e a irreverência de um design se que quer acessível a um número crescente de público dão o mote às sucessivas criações da Xo-Design. A última das quais foi apresentada em Milão, na Feira do Mobiliário, em Abril de 2008.

 

Atualmente Starck desdobra-se entre quatro cidades: Paris, Nova Iorque, Veneza e Londres, viajando um pouco por todo mundo para concretizar os seus projetos.Trabalha para diversas marcas de renome internacional na área do design como as italianas kartell, Alessi, Cassina, e Driade, entre muitas outras.

 

De entre a lista interminável de prémios que começou a arrecadar na década de 80, destaca-se na prateleira de Philippe Starck o "Grande Prémio Nacional da Criação Industrial" atribuído pelo governo francês em 1988, a par do qual foi distinguido com diversas ordens nacionais pelo seu contributo para as artes e letras do seu país.