PT EN FR

Thinqs
Magazine

Novo Papel de parede retrata o imaginário dos livros da Penguin

23/01/2013

Podemos forrar uma parede da nossa casa com uma estante imaginária onde iremos recriar as capas dos famosos livros da conceituada e histórica editora britânica Penguin.

  O design das capas da Penguin é icónico e hoje em dia os livros, editados originalmente pela primeira vez na década de 30 e 40 do século XX, são considerados raridades, presos nas prateleiras dos alfarrabistas mais especiais que só os vendem a preços altos.   Com permissão exclusiva da própria editora, a Osborne & Little, marca britânica de papel de parede, revestimento de parede e tecidos, também ela bem conceituada, lança agora, como novidade de catálogo, uma nova referência de papel de parede que recria as capas da Penguin.   Chama-se ‘Penguin library Wallpaper by Osborne & Little’ e reflete nas parede o design das tiras de cor das capas da Penguin, com a pequena ave desenhada no fundo da capa.   Como uma espécie de código, cada cor correspondia a um género literário editado pela Penguin. O laranja era ficção, o azul é para as biografias, verde era para os livros de crime e o rosa era a cor eleita para a categoria de livros sobre viagens e aventura.   Agora na sua casa, quem sabe, no seu canto de leitura podemos recirar os tempos da saudosa Penguin com este novo, e tão especial, papel de parede.