PT EN FR

Thinqs
Magazine

Serge Mouille em Lisboa na QuartoSala

04/07/2017

As coleções do designer francês Serge Mouille, nascido em 1922, são um ícone do Design gaulês reconhecido em todo o mundo. E são tão exclusivas quanto especial foi o percurso do autor.

Serge Mouille tinha 15 anos quando ingressou na Escola de Artes aplicadas de Paris foi o seu aluno mais novo da sua história. Aos 21 anos tornou-se no professor dessa mesma escola, passando aos alunos toda a paixão que tinha pelo desenho. O desenho foi mesmo o seu grande oficio. Na infância passava grande parte do tempo nos jardins e parques da cidade de Paris desenhado animais e paisagens.

Numa das viagens de comboio entre a cidade natal, Nouthiers, e Paris conheceu um decorador que o desafiou a desenhar um candeeiro de pé para um cliente seu na América latina.

Foi em resposta que o jovem Serge Mouille desenhou em 1952 o seu primeiro candeeiro, 3 bras Pivotants, inspirado na forma do seio feminino. Um desenho que demorou 2 anos a ser desenvolvido desde o primeiro esboço até à forma definitiva.

A produção da linha três braços é 100% artesanal, num bairro nos arredores de Paris com artesãos especializados no trabalho metálico, que na altura produziam 50 peças por ano. O acesso às peças de Serge Mouille era restrito a clientes e lojas de arte muito especiais que conheciam o trabalho do artista e tinham poder aquisitivo. Por ordem de valores, o mercado francês, o norte-americano e só depois o resto da Europa eram quem mais requisitava as peças de Serge Mouille.

Entre 1952 e 62 o autor desenhou 38 candeeiros todos produzidos artesanalmente em aluminio na mesma oficina onde ainda hoje, 55 anos depois são produzidas as peças de Mouille, 100% Handmade. Mouille morreu em 1988 e volvida uma década, a viúva do artista, Gin Mouille conheceu um industrial parisiense a quem cedeu os direitos de reprodução das linhas de iluminação, nascendo assim a nova marca Editions Serge Mouille.

Desta forma temos a oportunidade de aceder ao trabalho do artista em peças numeradas, assinadas e com certificado de autenticidade, editadas pela marca que continua a produzir artesanalmente 1.800 peças por ano.